Saúde do Viajante, Viagem

Diarreia do Viajante, como tratar e prevenir

29/07/2013

O número de pessoas que todos os anos viaja para países “exóticos”, aumenta de dia para dia. O consumo de alimentos e água contaminada pode levar a um dos maiores problemas de saúde para o viajante: a diarreia do viajante.

Diarreia do Viajante

A diarreia do viajante é a doença mais comum dos viajantes, afetando entre 30 a 70% dos viajantes do mundo. É mais frequente em viagens para países de climas quentes e húmidos.

Apresentamos alguns conselhos básicos e importantes, sem, contudo, cairmos no alarmismo gratuito.  São conselhos que devem ser adaptados à região do globo para onde vamos viajar, à nossa condição física e ainda à experiência como viajantes. Quanto a nós, quase nunca tivemos a visita desta “malvada” e já percorremos alguns países bastantes propícios, como a Índia, Sudeste Asiático, China ou Marrocos.

É importante não deixar que a obsessão pela prevenção se sobreponha à experiência própria da viagem, da cultura e gastronomia locais. Uma coisa é sempre, sempre de evitar: beber água não engarrafada. Não vale a pena arriscar. De resto, siga o seu instinto e antes da viagem, consulte um médico 🙂

As causas da Diarreia do Viajante

A diarreia do viajante pode ser provocada por diferentes tipos de bactérias, vírus e parasitas e a principal fonte de infeção resulta da ingestão de água e alimentos contaminados.

A contaminação deve-se à presença de microorganismos que vão desde uma grande variedade de bactérias ou vírus a algumas infecções provocadas por parasitas ou fungos.

 

Zonas de Risco

Diarreia do Viajante (Mapa)

Diarreia do Viajante (Mapa)

 

Prevenção da Diarreia do Viajante

Devemos evitar (dentro do possível) o consumo de alimentos e bebidas potencialmente contaminadas, quando falamos em bebidas, também nos referimos a gelo…

Como evitar água contaminada:

  • Não beba ou lave os seus dentes com água da torneira (sempre lavámos os dentes com àgua da torneira, mas vale a pena prevenir). Em vez disso, beba ou use água engarrafada selada ou água fervida/purificada.
  • Evite cubos de gelo que possam ser feitos com água da torneira.
  • Quando nadar ou tomar banho tente não engolir água, pois pode estar contaminada.

Como evitar comida contaminada:

maroocos-1

  • Certifique-se que a comida é adequadamente cozinhada e a uma temperatura apropriada.
  • Lave cuidadosamente as mãos antes das refeições.
  • Evite alimentos crus, que normalmente são lavados com água da torneira, como saladas e fruta (descasque-a para ser mais seguro) gelados cuja origem não seja de confiança.
  • Evite carnes frias, moluscos ou mariscos crus e leite não pasteurizado (ferva-o se não tiver a certeza)

Tratamento da diarreia do viajante

A maioria das diarreias do viajante são auto-limitadas, e a medida mais importante é a hidratação abundante. Contudo, se sofrer um episódio de diarreia do viajante, é aconselhável o seguinte:

  • Substitua os líquidos perdidos bebendo em abundância água engarrafada ou fervida.
  • É aconselhável levar sais de re-hidratação oral, que devem ser diluídos em água engarrafada ou fervida, bebendo em abundância..
  • Evite a ingestão de alimentos crus, comida condimentada e sumos de fruta.
  • O tratamento com anti-diarreico e  antibiótico pode ser indicado e suficiente para parar a diarreia, nas situações mais comuns e sem sinais de gravidade.
  • Contacte um imediatamente um médico se os sintomas durarem mais de 24 horas, se desenvolver febre ou se tiver sangue ou muco nas suas fezes.
Parte da informação médica foi retirada do site http://www.diarreia.pt/ e ainda do site www.spg.pt

Mais sobre Saúde do Viajante

http://consultaviajante.ufp.edu.pt

 

[box]

Veja todos os nossos artigos sobre Saúde do Viajante

[/box]

Comentários

Comentários

You Might Also Like

No Comments

Este artigo foi escrito para si. Se gostou, comente...