Costa Rica

Onde estão as tartarugas?

05/02/2015

Depois da ida ao Rio Celeste e da aventura da estrada, só nos restava procurar um lugar onde dormir descansados.

Demos boleia a um “Tico” simpático que nos breves quilómetros que nos fez companhia, teve tempo para nos contar a história da sua vida, até porque, como já vos contámos os quilómetros são muito mais longos, aqui, na Costa Rica.

Fomos para a Upala, povoação frequentada por camionistas que circulam na estrada Pan-Americana e que para além desta curiosidade, poucos motivos de interesse tem mais para vos contar.

O hotel medíocre, mas muito barato, onde ficámos, serviu apenas para que a noite fosse atrapalhada pelas músicas altas do bar ao lado e pelo som constante da campainha que serviu os hospedes tardios.

em busca das tartarugas na costa rica-1

Praia de Ostional, às primeiras horas da manhã (Costa Rica)

Ansiamos pelo nascer do sol e nos pormos a caminho do nosso próximo destino, vamos focados, e queremos muito, mas mesmo muito ver as tartarugas a invadir as praias costa riquenhas e para isso empreendemos mais uma viagem rumo ao destino incerto.

Paramos na entrada do Parque Natural “Las Baulas”, na Playa Grande. Na receção do parque nacional o guarda diz que a tartarugas por ali estão tímidas e só com muita sorte poderíamos observar, alguma perdida em solidão.

Mas sugere Ostional, praia onde com certeza algumas nos esperariam para pousar para a objectiva. São 70 km da Playa Grande. Como é cedo partimos sem demora… sem pensar duas vezes.

A primeira paragem é em San Juanillo, pois aqui deixamos a companhia de uma senhora a quem demos boleia.

San Juanillo

A tranquila Praia de San Juanillo

Seguimos até Ostional, 6 kms mais à frente. Ostional revela-se uma pequena aldeia, à qual apenas as “arribadas” trazem vida e alegria.

Saberemos, por conversa com uma guia da Asociacion de Guias Locales de Ostional(AGLO), que afinal não é assim tão fácil avistar as tartarugas. Embora, com frequência estas venham à praia desovar aos milhares – a isto chamam de arribada – nem sempre se prevê com exatidão o dia em que isso acontece e afinal, para nosso azar, isso tinha acontecido dias antes e irá voltar a acontecer dentro de um mês, quando já estaremos de regresso a Portugal.

A natureza é imprevisível, como muitas vez, imprevisível é a viagem.

A nossa tristeza não poderia ter sido maior, ao imaginar aquele areal enorme pitalgado de tartarugas baula aos milhares.

Ainda sentimos um “pingo” de tristeza e um trago amargo na boca por não termos conseguido presenciar esta maravilha… A foto tem o devido crédito da Asociacion de Guias Locales de Ostional(AGLO).

as "Arribadas" de tartarugas na praia de Ostional na península de Guanacaste (Costa Rica)

as “Arribadas” de tartarugas na praia de Ostional na península de Guanacaste (Costa Rica)

em busca das tartarugas na costa rica - Zopilotes

Zopilotes Negros no seu reparto matinal… desenterrando e comendo ovos de tartaruga.

 

Voltamos a San Juanillo, para relaxar na praia de areia escura e água tépida que a ocasião nos reservou. É Domingo e encontramos algumas famílias que se divertem junto à água. Terminámos o dia, com os pés mergulhados na água quente do Pacífico.

A noite é passada num calmo hotel local (o único, por sinal).

Acordámos muito cedo, pegamos no jipe e fazemos rapidamente os km que nos separam da praia de Ostional. O sol ainda não nasceu. Vamos aproveitar para passear na praia, com a vã esperança de ver alguns recém nascidos a rebentar os ovos e a fugir em direção ao mar! Mas, para hoje a nossa sorte não se realizou e acabamos apenas a desfrutar de um belo passeio matinal, à beira mar.

Regressámos ao hotel. Tomámos um banho refrescante e aconchegámos o estômago com este belo repasto. Partimos sem demora pela magníficas estradas costariquenhas para passarmos numa das mais lindas praias da Costa Rica.

Pequeno Almoço em San Juanillo

Comentários

Comentários

No Comments

Leave a Reply