Guarda, Percursos Pedestres, PN Serra da Estrela, Portugal

Trilho de Maçainhas – Guarda

07/01/2016

Há muitas maneiras de começar 2016. O nosso foi aqui bem perto, trilhando os caminhos rurais que ladeiam a aldeia de Maçainhas, na Guarda, bem nas fraldas da Serra da Estrela. Estrela que, aliás, é companhia constante neste sobe e desce que deixa mossa nas pernas.

Trilho-Macainhas-Guarda-17

A nós, juntou-se uma amiga de longa data.

O percurso pedestre, e como o nome já indica, começa na aldeia de Maçainhas. Maçainhas é uma freguesia portuguesa do concelho da Guarda, conhecida pelos famosos cobertores de papa, bem quentinhos por sinal, mas que picam à brava. Parece que a produção do cobertor de papa remonta já ao reinado de D. Sancho II, contudo foi com o Marquês de Pombal que esta indústria se desenvolveu na zona da Covilhã e da Guarda.

Bem, mas voltando ao caminho.

Este é um sobe e desce por caminhos rurais que ladeiam a aldeia. Primeiro sobe-se. E cá de cima tem-se uma vista espetacular sobre a aldeia, o vale do Mondego e as arribas da Serra da Estrela. Lindo não é?

Trilho-Macainhas-Guarda-2

O outono há muito que se foi, mas por aqui ainda há resquícios desses tons dourados.

Os castanheiros já hibernam, ganham forças para resistirem à invernia que se aproxima.

Trilho-Macainhas-Guarda-31

Agora descemos por caminhos empinados. Estamos de volta à aldeia. O sol já se inclina no horizonte e ainda há pessoas nos seus passeios de início de ano. Apesar dos climas destas serranias serem agrestes, o S. Pedro este ano tem sido bondoso.

Cruzamos a estrada Nac. 16 para o lado oeste. O terreno volta a inclinar-se e as pernas começam a sentir-se. O passo é rápido, apressado pelo sol que se vai escondendo.

Ao fundo começa a aparecer a barragem que alimenta a cidade da Guarda. O Caldeirão está, por estes dias, bem calmo. Não está habituado a estas temperaturas primaveris, de certeza.

Descemos até lá em baixo. Por aqui há um posto de observação de aves. A esta hora, e agora com as temperaturas amenas da tarde a darem lugar ao fresco da noite, as aves começam a recolher.

A noite cai e damos corda aos sapatos. Começamos a ver o Caldeirão pelas costas. e que bonito que se pôs num instante. Já agora sabem que rio passa por aqui? Não, não é o Mondego. Apesar de situar na bacia hidrográfica do Mondego, a barragem foi construída na Ribeira do Caldeirão.

Trilho-Macainhas-Guarda-27

Contam as gentes da Guarda que a barragem trouxe água, mas também nevoeiro. Não acreditam? Venham à Guarda no inverno e já vão ver… O tempo passa rápido e sem darmos por nada, o sol desaparece e os tons avermelhados tomam conta dos céus. Há por aí umas ovelhas à solta com uns carneirinhos atrás… que fofos!!!

Trilho-Macainhas-Guarda-32

Voltamos a Maçainhas já com o sol posto. Foram muitos km de boas conversas, excelentes paisagens e umas mazelas nas pernas.

Há muitas formas de começar o ano, a nossa foi assim!

Informação prática do Trilho de Maçainhas

  • Distância: 13.5 km
  • Tipo: Circular
  • Marcado: SIM
  • Grau de Dificuldade: Moderado
  • Estado de preservação do Percurso: Bom

Galeria de fotos do Trilho de Maçainhas

 

 

 

Comentários

Comentários

No Comments

Leave a Reply