Alto Douro Vinhateiro, Guarda, Portugal

Ruinas do Prazo – O Machu Picchu Português

11/07/2016

Quando de mansinho, sem estares à espera, pela frente se abre uma paisagem de cortar a respiração, só há uma coisa que podes dizer: UAU!

Foi mais ou menos isto que aconteceu quando, vagueando pelas bandas de Freixo de Numão, sem que se esperasse demos de frente com as ruínas romanas de Prazo. Assim, num recanto inesperado e tão perto de casa descobrimos pedaços de património único.

Ruinas Prazo-Freixo Numão-1

Com esta panorâmica diante de nós, não tardou que batizássemos as ruínas de Machu Picchu Português. Bem, assim em ponto pequeno, é verdade, mas semelhanças não lhe faltam.

Na verdade, as ruínas são o que resta de um tempo passado, de um Villa romana e povoado medieval.

O local, desde o neolítico antigo, teve uma multiplicidade de ocupações: por aqui há vestígios do templo paleocristão, 22 sepulturas com ossadas de diferentes épocas, uma “estela antropomórfica” de grandes dimensões, assim como um imponente Menir.

 A presença de uma casa senhorial e da zona balnear testemunham a importância desta “Villa Senhorial Romana”.

É verdade que a atenção que os cuidadores do património lhe têm dado não está à altura desta maravilha. Há placas que se degradaram com o passar dos tempos, as poucas infraestruturas estão obsoletas, escasseia a informação…

Mas as ruínas valem por si, valem por este entorno natural maravilhoso, valem pela história que encerram e transportam até aos nossos dias. Bem, mas não vamos contar mais… têm de ir lá!

Ruinas Prazo-Freixo Numão-5

Freixo de Numão é terra de bom vinho, é conhecido pelas Amendoeiras em Flor, mas por aqui também há um riquíssimo património arqueológico que se espalha pelos altos e baixos destes montes.  Para saber mais sobre o património arqueológico de Freixo, basta consultar o Circuito Arqueológico Freixo de Numão.

Ruinas Prazo-Freixo Numão-2

Localização

A Estação Arqueológica do Prazo situa-se na localidade de Prazo, em Freixo de Numão (Guarda). Ver a localização das ruínas no Google Maps.  Coordenadas GPS: N 41 04.112′ W 007 14.598′

Para chegar às ruínas do Prazo, existem duas opções:  A partir da freguesia de Freixo de Numão, pelo caminho do Tanque do Sapo. A partir do Alto da Touca, pelo caminho dos Bons Ares e Alto de Santa Eufémia. A distância é de cerca de 3 km de ambas as freguesias.

Ruinas Prazo-Freixo Numão-3

Comentários

Comentários

10 Comments

  • Reply Anonymous 13/07/2016 at 18:03

    Melhor era difícil…

  • Reply João Melo 13/07/2016 at 22:43

    Tive o prazer de conhecer em 1996, desde essa altura nunca mais lá fui, imagino que as descobertas após então, tenham sido muitas, o nosso país é algo de espectacular, pena que existam pessoas que se preocupam em conhecer resorts no estrangeiro e não conheçam o nosso pequeno GRANDE PORTUGAL. Tenho dito.

  • Reply Anonymous 14/07/2016 at 09:33

    Espataculare irei visitare

  • Reply antónio 14/07/2016 at 12:26

    Tive a oportunidade de visitar recentemente. Há evidência de elevado investimento nesta rica estação arqueológica, incompreensível o estado de abandono, incluindo as infraestruturas construídas recentemente. A mesma situação se passa em Castelo Velho, na mesma localidade.

  • Reply Pedro Silva 15/07/2016 at 00:01

    Conheço outra aldeia romana nesta zona, na Coriscada – Mêda

  • Reply Francisco Salgueiro 15/07/2016 at 01:42

    Finalmente um maior número de pessoas, está interessada em saber um pouco do nosso passado como Povo. As caminhas servem para issi mesmo conhecer a envolvências dos lugares e das pessoas que ali vivem ou já viveram. Cultura é o alimento indespensável para saborear este lugar e tantos outros.

  • Reply Carlos Lima 16/07/2016 at 16:30

    Tudo é lindo.Não conhecia.

  • Reply Anonymous 17/07/2016 at 19:10

    Gostei da notícia.Quando tiver oportunidade irei ver.

  • Reply pinto 21/07/2016 at 07:28

    Informação mto relevante. Obg.

  • Leave a Reply