Browsing Category

História

Castilla y León, Castilla y Leon, Espanha, História

Um dia em Segóvia. Uma espécie de guia de viagem

15/08/2016

É possível visitar a linda cidade de Segóvia num só dia? Possível é, mas no fim do dia vai desejar ter ficado mais tempo. Nós estivemos por lá dois dias e não nos arrependemos. Ainda assim, porque há viajantes com o “tempo” contado, deixamos as nossas sugestões para um dia bem passado em Segóvia. Breve introdução a Segóvia Segóvia é uma cidade espanhola situada na parte mais meridional da comunidade de Castilla y León. Situa-se na confluência de dois…

Continuar a Ler...

História, Portugal, Viseu

Necrópole Megalítica de Lameira de Cima, em Penedono

18/03/2015

A seguir a aldeia de Antas, como quem vem de Sernancelhe em direção à cidade da Mêda, mesmo antes de chegar ao limite do concelho, viramos à esquerda numa estradita estreita. A placa, em tons acastanhados, despertou-nos da sonolência provocada por estes dias solarengos de primavera. Lia-se na placa: Necrópole Megalítica de Lameira de Cima. A uns 1500 metros da estrada principal, através de um caminho que foi recentemente arranjado para o efeito, existe um descampado. Várias…

Continuar a Ler...

História, Polónia

71 anos da libertação de Auschwitz

27/01/2015

Há 71 anos, em 27 de janeiro de 1945, o Exército Vermelho libertou Auschwitz, o maior e mais terrível campo de extermínio dos nazis. Nas câmaras de gás estima-se que tenham sido mortas mais de um milhão de pessoas. No auge do Holocausto, em 1944, chegaram a ser assassinadas seis mil pessoas por dia, entre judeus, ciganos, homossexuais, entre outros. A marcha da morte… Para apagar os vestígios do Holocausto antes da chegada do Exército Vermelho,…

Continuar a Ler...

História, Lisboa, Portugal

O sismo esquecido (Lisboa 1531)

26/01/2015

Quando se fala em terramoto de Lisboa, pensamos logo no fatídico ano de 1755. Contudo faz hoje 484 anos, que uma outra tragédia se abateu na capital. Em 1531 , morreram  em Lisboa 30 mil pessoas vitimadas pelo sismo que sentiu e que destruiu boa parte da cidade de Lisboa e Santarém. A proporção da tragédia em números é digna de nota se soubermos que Lisboa tinha, à data 100.000 habitantes, e que assim, perdeu quase…

Continuar a Ler...