Em Bruxelas também se sentiu o KOSOVO

Hoje, um barulho ensurdecedor invadiu as ruas de Bruxelas. Bandeiras desfraldadas em mastros improvisados. Carros em tons de vermelho e preto saltavam em euforia, as pessoas no seu interior de sorrisos estampados gritavam frases imprescritíveis (numa língua estranha). Não é que não esteja habituado a este tipo de manifestações, mas intrigava-me não saber a que…