Início Parques Naturais PN Peneda Gerês Indo eu, indo eu a caminho do… GERÊS! (1º Dia)

Indo eu, indo eu a caminho do… GERÊS! (1º Dia)

|

|

|

Rota: Trancoso – Vila Real – Vila Pouca de Aguiar – Ribeira de Pena – Boticas (ver mapa no final)

boticas.jpg
Boticas “by night”

O primeiro dia foi quase exclusivamente para a viagem de ida até Boticas (Parque de Campismo de Boticas), com umas pequenas paragens por Vila Real para fazer as últimas compras antes de uma da clausura do Gerês.

Uma rápida passagem por Vila Pouca e por Ribeira de Pena e eis que surge Boticas.

A opção por Boticas para primeira noite, deveu-se única e exclusivamente ao do baixo preço do Parque de campismo (época alta: €1,50 pax e 2€ por tenda).

Mas nem sempre o preço é sinónimo de qualidade como tive oportunidade de verificar ao longo dos 5 parque que foram percorridos na viagem. O Parque de Campismo de Boticas é uma infra-estrutura recente, dotada de casas de banho equipadas com chuveiros (agua quente), bar, bungalows, acesso livre às piscinas municipais (sem dúvida uma mais-valia, principalmente no Verão), ao court de ténis e mini-golf.

Depois da montagem da tenda, é chegada a hora de uma visita à vila para se desfrutar dos seus encantos.

Boticas é uma vila que sofre com a interioridade, nas encostas sudeste do Parque Natural do Gerês, goza de vistas fantásticas e um recanto indescritível. Apesar da interioridade da vila possui um mobiliário urbano e espaços de lazer excelentes. Sem dúvida um bom exemplo.

Um jantar no lusco-fusco, assistindo à partida do sol e um saudar à lua, foi quase o culminar do dia, porque ainda houve tempo para umas cantorias bem animadas à moda do “norte”.

dia_1.jpg MAPA

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Moreira de Rei, a guardiã do planalto | Trancoso

Parece impossível que mesmo dentro do nosso concelho de nascimento ainda haja recantos a descobrir. É por isso que viajar é sair...

Penedros da Cabeça, um baloiço no coração da Beira

Em Lamas de Ferreira de Aves o confinamento deu frutos e um filho da terra deu asas à imaginação e construiu em...

Portas do Almourão e o Rio Ocreza

Chegámos às Portas do Almourão num daqueles dias tímidos de junho. Os dias prometiam calor, mas a aragem matinal obrigava a um...

Bogalhal Velho, a maldição das formigas gigantes

Viajar é isto, é sair e parar a poucos quilómetros de casa e descobrir que mesmo aqui ao lado há aldeias perdidas...

Gerês – Os lugares que são de visita obrigatória

O Parque Nacional Peneda-Gerês é um dos locais mais genuínos em Portugal. É um misto de natureza e tradição. O Gerês é...