Início Europa Portugal Fojo do Lobo de Vilarinho de Samardã – Vila Real

Fojo do Lobo de Vilarinho de Samardã – Vila Real

|

|

|

Enquanto subo o estradão que irrompe montanha acima, reparo num grupo de cabras que se alimenta da vegetação rasteira, principalmente urze, que abunda por estas bandas. Ao longe, acompanha-me a silhueta desses monstros de pás ao vento que, agora, inundam as montanhas de norte a sul do país. Dizem que é uma espécie de “revolução verde”…

Aprecio este contraste maravilhoso. As cabras, imunes ao passar do tempo, comem da mesma maneira aquilo que sempre comeram. A vida pachorrenta parece não ter mudado para elas e até para o seu pastor, quem sabe?!

Infelizmente, a montanha já não é a mesma, está menos verde, mais escura, mais triste, mais queimada… flagelo!

Regresso ao estradão e à nuvem poeirenta que paira no ar. Sigo os trilhos de Camilo Castelo Branco, saio de Vilarinho de Samardã e procuro o fojo do lobo que ele tão bem descreve em Novelas do Minho. Não escondo o encanto de visitar estes sítios, não só pela magia que emanam, pela lembrança que guardam, mas acima de tudo por transportarem a memória de um povo, que outrora viveu assombrado pela “penumbra” do Lobo.

Sabias que Camilo Castelo Branco nasceu em Vila Real? Contamos tudo aqui:

Fojo do Lobo de Vilarinho de Samardã

Este fojo é diferente de todos os outros que visitei até agora. É circular, não tem entrada nem poço ao fundo. Consiste num muro de forma tosca aproveitando o declive do terreno, com cerca de 2 metros de altitude e ligeiramente inclinado para o centro. O malfadado uma vez dentro, tornaria inglória a árdua tarefa de se libertar. Sentado à beira da pia que albergava a bebida da cabra que enfrentaria a morte nas garras do lobo, dou-me conta da crueldade do homem e na sua estranha relação com os lobos. Sempre foram temidos, odiados, caçados, perseguidos, envenenados… incompreendidos.

O homem levou ao estremo este ódio ao ponto de quase extinguir toda a população de lobos que habitavam as altas montanhas em Portugal. Hoje, a tarefa é árdua e numa relação amor/ódio é necessário preservar uma espécie endógena, aquela que mais vezes foi o “mau da fita” nas nossas histórias de meninos, aquela que nos fazia tiritar de medo quando, sozinhos na cama, olhávamos a noite encantada pela lua cheia.

Fojo do Lobo de Vilarinho de Samardã – Vila Real

Estacionamento: N 41º 23.967   W 007º 42.273

Fojo do Lobo: N 41° 23.450    W 007° 43.172  map it

Nota: sugiro que deixe o carro no ponto indicado como estacionamento e faça o caminho a pé, através do estradão de terra batida que nos leva ao Fojo do Lobo. São cerca de 3 km, ida e volta.

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Lagos do Sabor, um azul imenso em Trás-os-Montes

Roteiro pelos Lagos do Sabor, em Trás-os-Montes. Lagos azuis, serras e vales profundos. Dicas para visitar Lagos do Sabor, alojamento, percursos pedestres

5 Vilas Medievais no Sabugal que tem mesmo de conhecer

Há 5 Vilas Medievais no Sabugal que todos devíamos conhecer. Não só porque são bonitas, mas acima de tudo porque estão umbilicalmente...

As melhores Praias Fluviais na Serra da Estrela (e arredores)

Já pensou em desfrutar destes dias de calor longe das multidões das praias do litoral, em plena comunhão com a natureza, no...

Moreira de Rei, a guardiã do planalto | Trancoso

Parece impossível que mesmo dentro do nosso concelho de nascimento ainda haja recantos a descobrir. É por isso que viajar é sair...

Penedros da Cabeça, um baloiço no coração da Beira

Em Lamas de Ferreira de Aves o confinamento deu frutos e um filho da terra deu asas à imaginação e construiu em...