Início Parques Naturais Parque Natural do Alvão Cascatas do Bilhó - Parque Natural do Alvão

Cascatas do Bilhó – Parque Natural do Alvão

|

|

|

Quedas de água do Bilhó

As Cascatas do Bilhó, ou, como também são conhecidas, quedas de água de Bilhó, no Rio Cabrão, situam-se em pleno Parque Natural do Alvão, no Concelho de Mondim de Basto.

O conjunto de cascatas e lagoas, bastante convidativas no Verão, são facilmente acessíveis através da estrada EN 312, que liga Cavernelhe a Bilhó (Ver coordenadas abaixo).

Quedas de água do Bilhó

As quedas de água estendem-se monte acima por cercas de 300m. Com algumas perícias podem ser escaladas as várias quedas de água e finalmente, bem lá no topo, poderemos apreciar os moinhos de água, já bastante devolutos. A inclinação do terreno não é elevada o que permitiu a formação de várias lagoas e diversas quedas de água.

Quedas de água do Bilhó
Quedas de água do Bilhó

Localização

N 41° 23.811 W 007° 50.890

[googlemaps http://maps.google.pt/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-PT&geocode=&q=N+41%C2%B0+23.811+W+007%C2%B0+50.890&aq=&sll=39.639538,-7.849731&sspn=10.096203,19.753418&ie=UTF8&ll=41.397158,-7.848873&spn=0.038631,0.051498&z=13&output=embed&w=300&h=300]

O acesso faz-se através da EN 312, que liga Cavernelhe a Bilhó.

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

6 COMENTÁRIOS

  1. Desde já os meus parabéns pelas fotos e pela excelente escolha do local 🙂 Só tenho uma observação a fazer. Estas lagoas são conhecidas pela população como o rio de Cavernelhe e não do Bilhó, porque o rio segue para Cavernelhe e depois Vila Chã…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Moreira de Rei, a guardiã do planalto | Trancoso

Parece impossível que mesmo dentro do nosso concelho de nascimento ainda haja recantos a descobrir. É por isso que viajar é sair...

Penedros da Cabeça, um baloiço no coração da Beira

Em Lamas de Ferreira de Aves o confinamento deu frutos e um filho da terra deu asas à imaginação e construiu em...

Portas do Almourão e o Rio Ocreza

Chegámos às Portas do Almourão num daqueles dias tímidos de junho. Os dias prometiam calor, mas a aragem matinal obrigava a um...

Bogalhal Velho, a maldição das formigas gigantes

Viajar é isto, é sair e parar a poucos quilómetros de casa e descobrir que mesmo aqui ao lado há aldeias perdidas...

Gerês – Os lugares que são de visita obrigatória

O Parque Nacional Peneda-Gerês é um dos locais mais genuínos em Portugal. É um misto de natureza e tradição. O Gerês é...