Início Viagens África A caminho de Todra Gorge, em Marrocos

A caminho de Todra Gorge, em Marrocos

|

|

|

A meio caminho entre Boumalne e Todra Gorge, fizemos uma pequena paragem em Tinerhir. Para não variar é dia de Souk e, ainda, para não variar, uns quantos estrangeiros com roupas estranhas chamam à atenção. São vários os que nos abordam.

Grande carregamento

Hoje é um dia especial, é dia do mercado das mulheres, explica o Mohammed (É verdade, mais um Mohammed). Mohammed é marroquino mas, segundo conta, vive na Holanda. Trocamos algumas ideias sobre a Bélgica, também já lá tinha trabalhado. Explica-nos como chegar a Todra. Afinal, já estamos perto.

A rua que dava acesso ao mercado estava, como dizemos, apinhada. As mulheres vestem, prioritariamente, de negro e de branco. Os berberes da montanha, de negro, os do deserto, de branco.

Mohammed oferece-se para nos mostrar o um pouco do mercado e aproveita, veríamos mais tarde, para nos levar a alguém seu amigo que vende tapetes. Normal…

Fatima e a sua arte

Entre chá marroquino, desculpem, whisky berbere, Fátima mostra-nos como prepara os rugosos ramos de lã e os transforma em finíssimos fios coloridos. Explica como se carda, e por fim, somos tentados a experimentar também. Hoje, a sala onde habitualmente trabalham várias mulheres, só está Fátima. É dia de mercado das mulheres.

Bem, por fim temos a habitual mostra de tecidos, tapetes e coisas do género. Negoceia até à exaustão… e mesmo quando pensas que fizeste um excelente negócio, verás, que foste “enganado” 🙂

Aproveitámos para comprar uns bolos no mercado, por sinal deliciosos e terminamos a pagar 10 dirhams pelo estacionamento – já começa a ser normal, e cada vez mais difícil escapar-lhes!!!!

Paramos para aproveitar a Golden Hour. A luz está magnífica. Vemos Tinerhir que se estende entre descampados de barro. A romper esta harmonia, o poder germinativo do rio dá vida as palmeiras que se estendem leito fora. Aproveitamos para fotografar esta magnificência.

Tinerhir

Tinerhir

Tinerhir

Chegámos a Todra Gorge ao final da tarde. Procurámos sitio para dormir e encontramos, sem que tivéssemos que experimentar alguns dissabores.

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Lagos do Sabor, um azul imenso em Trás-os-Montes

Roteiro pelos Lagos do Sabor, em Trás-os-Montes. Lagos azuis, serras e vales profundos. Dicas para visitar Lagos do Sabor, alojamento, percursos pedestres

5 Vilas Medievais no Sabugal que tem mesmo de conhecer

Há 5 Vilas Medievais no Sabugal que todos devíamos conhecer. Não só porque são bonitas, mas acima de tudo porque estão umbilicalmente...

As melhores Praias Fluviais na Serra da Estrela (e arredores)

Já pensou em desfrutar destes dias de calor longe das multidões das praias do litoral, em plena comunhão com a natureza, no...

Moreira de Rei, a guardiã do planalto | Trancoso

Parece impossível que mesmo dentro do nosso concelho de nascimento ainda haja recantos a descobrir. É por isso que viajar é sair...

Penedros da Cabeça, um baloiço no coração da Beira

Em Lamas de Ferreira de Aves o confinamento deu frutos e um filho da terra deu asas à imaginação e construiu em...