Destination: Índia

|

|

|

A Índia. Dentro de alguns dias andaremos por esse país enigmático e colorido.

Vai ser bom voltar a sentir a Ásia por baixo dos pés, andar à deriva, confiar nos ditosos ventos do oriente.

Já várias vezes nos pusemos ambos a pensar: mas afinal porque é que vamos para a Índia?

As respostas não são concludentes. Mas a verdade é que este destino foi tomando contornos de viagem após alguma indecisão. Os relatos de amigos que fizeram a viagem foram o rastilho que nos impeliu a decidir e a optar pelo país dos marajás, das vacas sagradas, onde impera o vegetarianismo, da comida deliciosa e dos lassis refrescantes. Um país que tem como símbolos maiores o legado de Ghandi e testemunho da Madre Teresa de Calcutá é um destino imperdível…

Queríamos ir, mas decidimos de antemão não embarcar em nenhuma viagem organizada. Queríamos partir à vontade, com tempo, sem horários e sem todas as contingências que as viagens em grupo acarretam.

Os planos são parcos. Não levamos muita coisa definida. Claro que queremos mergulhar no mármore cintilante do Taj Mahal, ou sentir a religiosidade característica dos Ghats da cidade sagrada de Varanasi, ou, mesmo, percorrer as marcas dos portugueses em Goa. Mas depois queremos viajar em comboios a transbordar e saber que nos esperam horas intermináveis. Queremos percorrer as ruas à procura do melhor ou mais barato local para dormir. Queremos conhecer gente, comer nas barracas à beira da rua e beber chá onde bebem os indianos. Nós vamos acima de tudo pela viagem, pela aventura!

Ao mesmo tempo que o dia da viagem se aproxima, o imaginário de Bollywood vai tomando a nossa imaginação…os saris envolvem a nossa mente.

Depois da Índia iremos aterrar na nova babilónia, no símbolo da opulência e arrogância petrolífera…Mergulharemos na imensidão do betão do Dubai, dos hotéis luxuosos que fazem os cartões de visita das agências de viagens. Iremos preparados para aguentar o choque de civilizações?

As noites irrequietas são o sinal de que o dia se aproxima. O entusiasmo tomou conta de nós e é difícil a concentração no trabalho, mas ainda há pormenores a ultimar…

O foco já está centrado na exploração, na degustação de sabores e na degustação visual, momentos que iremos repartir aqui, com os nossos amigos, e com todos aqueles que nos acompanham…

Até breve, até à Índia!

Sérgio Lopes | Sandra A. Saraiva

http://osmeustrilhos.pt | www.facebook.com/osmeustrilhos

carreira das índias no Facebook

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

1 COMENTÁRIO

  1. […] A Índia. Dentro de alguns dias andaremos por esse país enigmático e colorido. Vai ser bom voltar a sentir a Ásia por baixo dos pés, andar à deriva, confiar nos ditosos ventos do oriente. Siga aqui as nossas crónicas de viagem: no Facebook    |     na Revista Visão [crónicas de viagem] Destination: Índia       […] ← Destination: Índia […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Lagoa do Congro, São Miguel | Açores

A Lagoa do Congro é de uma beleza fascinante, pura e surpreendente. E o melhor é que ainda fica fora da rota...

Miradouro da Grota do Inferno, em São Miguel | Açores

O Miradouro da Grota do Inferno (ou da Bocado Inferno), é um dos mais bonitos e impressionantes miradouros da ilha de São...

Cascata do Caldeirão, um segredo bem guardado

A Cascata do Caldeirão é uma cascata (quase) secreta às portas da cidade da Guarda. Mapa, trilho GPS e informações para chegar à cascata.

Cevide, aqui começa Portugal | Melgaço

Em Cevide, perto de Melgaço, encontramos o marco de fronteira n.º 1. Estamos no ponto mais a norte de Portugal. Informação para visitar Cevide

Ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel | Açores

O Ilhéu de Vila Franca do Campo é paraíso na Ilha de São Miguel. Neste artigo poderá encontrar informação prática, como visitar e quando ir.