Início Viagens Asia Em Varanasi, no rio que leva a vida!

Em Varanasi, no rio que leva a vida!

|

|

|

Carreira da Índia

Crónicas de uma aventura pela Índia, contada a dois, por Sérgio Lopes e Sandra Saraiva

Varanasi-11
Varanasi, no rio que tudo pode

O Rio Ganges acordou tranquilo, com o sol a tentar romper por entre um gigantesco manto de nevoeiro.

Depois de 24h num comboio, percorrendo os 1150km que separam Amritsar de Varanasi, o quarto do Hostel está tão perto do paraíso.

Através do terraço, assistimos ao corrupio matinal. Um grupo de búfalos, completamente imundos, aproveita para fazer a higiene matinal no exato sítio onde as pessoas ainda se banham, fazendo as preces da manhã.

 

Tal pai, tal filho
Tal pai, tal filho

Varanasi pertence ao estado de Uttar Pradesh (UP), um dos estados mais populosos da Índia. O Estado de UP faz fronteira com o Nepal, e Varanasi é uma das principais portas de entrada por terra no Nepal.

Os viajantes que fomos conhecendo diziam-nos que o nível das águas do Ganges estava demasiado alto e os Ghats completamente inundados, afinal estamos no final da época das monções. Ainda assim, não conseguimos deixar de vir a uma das 7 sete cidades sagradas para os Hindus, ou talvez mesmo, a mais importante.

Varanasi vale por isso mesmo, pelo Ganges e pela espiritualidade. Enganem-se os que procuram tranquilidade nestas margens. Varanasi é uma das cidades mais caóticas da Índia, com milhares de pessoas, macacos, vacas, cães e todo tipo de animais passeando-se pelas ruas imundas.

Agora, com o Gulu e com a Inês, que se juntaram a nós, percorremos as estreitas ruelas desta cidade sagrada.

Entre cânticos e choros, um grupo de pessoas leva em ombros os seus mortos, em improvisadas padiolas de bambu. Estes, até na morte, vão vestidos com as cores mais garridas.

there's a face you can't really forget, here or in Índia!

No Ghat sente-se o cheiro a carne queimada e as pilhas de lenha irrompem pelas ruas dentro. Junto ao Ganges, o fogo queima os corpos, cujas cinzas se misturam instantaneamente com as águas. Dizem-nos que este mesmo fogo eterno queima, purifica há milhares de anos, ininterruptamente…

Morrer e ser cremado no Ganges é, para os Hindus, a forma mais elevada de purificação. Por isso, são muitos os que querem passar à beira do Gangues os últimos dias da suas vidas, dando origem, nesta área, a um gigantesco complexo de casas que alberga Hindus vindos de todos os pontos da Índia. Se o comum dos mortais necessita da cremação, como purificação para entrar no Paraíso, as mulheres gravidas e crianças são puras. À sua morte, são embrulhadas em panos e lançadas ao rio…

Varanasi-2

Os barcos que todos os dias sobem e descem o Ganges, nesta zona de Varanasi, estão, por ordem policial, “completamente” parados. O Governo interditou os passeios de barco pelo Ganges. No dia anterior morreram 5 pessoas nestas águas agitadas, sinal da força incontrolável dos resquícios da monção.

Varanasi-15

O crepúsculo é irresistível e as águas do Ganges não são suficientemente fortes para estes destemidos portugueses.

 

Galeria completa com todas as fotos de Varanasi

Varanasi-11 

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Miradouro da Grota do Inferno, em São Miguel | Açores

O Miradouro da Grota do Inferno (ou da Bocado Inferno), é um dos mais bonitos e impressionantes miradouros da ilha de São...

Cascata do Caldeirão, um segredo bem guardado

A Cascata do Caldeirão é uma cascata (quase) secreta às portas da cidade da Guarda. Mapa, trilho GPS e informações para chegar à cascata.

Cevide, aqui começa Portugal | Melgaço

Em Cevide, perto de Melgaço, encontramos o marco de fronteira n.º 1. Estamos no ponto mais a norte de Portugal. Informação para visitar Cevide

Ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel | Açores

O Ilhéu de Vila Franca do Campo é paraíso na Ilha de São Miguel. Neste artigo poderá encontrar informação prática, como visitar e quando ir.

Ilha de São Miguel: Lugares a não perder | Açores

Os lugares mais bonitos da Ilha de São Miguel, nos Açores. Lugares que são de visita obrigatória para quem visita a ilha pela primeira vez.