Início Viagens Asia Taj Mahal - um poema de mármore branco

Taj Mahal – um poema de mármore branco

|

|

|

Carreira da Índia

Crónicas de uma aventura pela Índia, contada a dois, por Sérgio Lopes e Sandra Saraiva

A noite mal dormida, mais uma vez a bordo de um comboio, provoca-nos dores de cabeça e de costas, não recomendáveis para quem quer aproveitar as férias. Mas mesmo assim, combalidos e ligeiramente atordoados, lá conseguimos encontrar os cacifos onde iremos pousar as mochilas… Difícil é convencer o senhor mal encarado a registá-las, uma vez que resolveu não considerar seguros os nossos cadeados. A argumentação gesticular e as nossas caras de desespero devem ter chegado.

Decidimos não ficar em Agra, a cidade é caótica, as pessoas, mesmo habituadas a turistas, parecem menos amistosas. Bem, mas a verdade é que o tempo começa a escassear e que temos de fazer opções.

Taj Mahal another view

Optámos por ficar o dia em Agra e apanhar, a meio do dia, o autocarro para Jaipur. Ainda nos falta um bilhete de comerguerboio e mais umas cópias do passaporte…Claro está, o desenrascanço português na Índia tudo resolve e podemos finalmente negociar a viagem de riquexó até à imagem de postal da Índia, a sua eterna maravilha, o Taj Mahal.

Não podemos descrevê-lo pois tanto já foi dito e contado…Tantas fotos, todos os ângulos foram já captados. Resta-nos tentar transmitir a sensação que este colosso exerceu sobre nós, a forma como ficámos maravilhados com a sua estrutura imponente, com as suas cores.

Os pormenores da construção são soberbos, o rendilhado dos interiores, os jardins e toda a envolvência. A simbiótica com o rio que corre atrás do palácio… A serenidade que invade o espaço, respeitado por todos os visitantes…

taj mahal-1

O romantismo da obra que o imperador Shah Jahan mandou construir em memória de sua esposa favorita, Mumtaz Mahal, transborda nas suas linhas. Foram necessários cerca de 20 mil homens para erguer esta preciosidade de mármore e, ao que parece, até portugueses estiverem envolvidos na sua construção.

taj mahal-3

Muitos mitos envolvem a construção do Taj, um dos mais deliciosos conta que depois de completar o seu trabalho, o imperador fazia cegar os construtores e cortava-lhe as mãos para que não pudessem voltar a construir um monumento que igualasse a superioridade do Taj Mahal. Ao que parece, tudo não passa disso mesmo, de um mito.

São fotografias e sorrisos que muitos dos visitantes nos pedem, por nos acharem quase ou mais excêntricos que o TAJ.

Perdemos horas, sob o sol intenso, e nem demos pelos minutos a passar. Como disse um dia esse vulto maior da poesia indiana, Rabindranath Tagore, o Taj Mahal é “uma lágrima no limiar dos tempos”.

Acompanhem os nosso passos em:

http://osmeustrilhos.pt | www.facebook.com/osmeustrilhos

 

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá Sandra e Sérgio se gostei … amei. Tenho sonho de conhecer a India e Austrália. Na Índia quero conhecer o Rajastao (principalmente) tenho lido; mas gostaria que vocês me dessem dicas. Não tenho experiência em viajens para o exterior. Austrália acho interessante e bonita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel | Açores

O Ilhéu de Vila Franca do Campo é paraíso na Ilha de São Miguel. Neste artigo poderá encontrar informação prática, como visitar e quando ir.

Ilha de São Miguel: Lugares a não perder | Açores

Os lugares mais bonitos da Ilha de São Miguel, nos Açores. Lugares que são de visita obrigatória para quem visita a ilha pela primeira vez.

Trilho da Lagoa dos Salgados, Algarve

É bem verdade que temos um país riquíssimo e que ainda há muito para descobrir. O Algarve é conhecido sobre tudo pela...

Miradouro do Mocho Real – Serra da Estrela

Hoje viemos até à extremidade norte do Parque Natural da Serra da Estrela, bem pertinho da cidade da Guarda, para vos mostrarmos...

Lagos do Sabor, um azul imenso em Trás-os-Montes

Roteiro pelos Lagos do Sabor, em Trás-os-Montes. Lagos azuis, serras e vales profundos. Dicas para visitar Lagos do Sabor, alojamento, percursos pedestres