Início Viagens Asia 12 coisas estranhas que vimos na India

12 coisas estranhas que vimos na India

|

|

|

coisas estranhas que vimos na india

As palavras não são insuficientes para descrever a Índia. Mesmo as imagens coloridas a que estamos habituados não faz em jus à diversidade deste país. A Índia vive-se e percebe-se melhor quando chegamos, quando regressamos ao conforto do lar, quando olhamos para trás e vemos as diferenças.

Entre comboio, autocarro, riquexó, metro e barco, fizemos mais de 5 mil km, comemos e dormimos em sítios estranhos e por onde passámos encontrámos gente genuína, fizemos amigos e fomos falando de Portugal… (país que muita pouca gente conhecia).

Agora, que estamos de regresso a casa queremos partilhar convosco 12 coisas estranhas, algumas mais do que outras, que vimos na Índia (pelo menos, aos olhos de um “ocidental”).

 

 

12 coisas estranhas que vimos na Índia

  • Polícias armados com metralhadoras e entrincheirados entre enormes sacos de areia no metro de Nova Deli.
  • O McDonalds tem um serviço de entregas ao domicílio.
  • O metro de Nova Deli tem uma carruagem especial para mulheres onde não podem entrar homens.
  • Pessoas que fazem as suas necessidades nas linhas de comboio, à vista de todos.
  • Os indianos bebem água de uma garrafa sem encostarem os lábios. E elevam a garrafa e deixam cair o líquido diretamente na boca (supostamente por questões de higiene).
  • Na entrada das carruagens dos comboios existe uma lista com o nome de todos os passageiros, os lugares que ocupam, e as respetivas idades.
  • É prática normal os homens andarem de mãos dadas na rua.
  • Alguns Jainistas, uma vez que não comem qualquer ser vivo, utilizam máscaras para evitar comer mosquitos quando andam na rua 🙂
  • A Índia deve ser, muito provavelmente, o sítio do mundo onde há mais homens do que mulheres a pintar o cabelo.
  • Dentro de alguns templos hindus existem agências bancárias onde se pode levantar dinheiro para as oferendas.
  • Em algumas praias (Goa) os jovens fumam marijuana à descarada, mas depois banham-se completamente vestidos, com a roupa que trazem no corpo.
  • Os comboios são tão grandes que para evitar que durante as paragens as pessoas se percam ao longo da linha, existe sinalização indicando o lugar onde vai parar cada carruagem (nem quero imaginar estar no início do comboio e verificar que a minha carruagem é a última…)

 

 

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

6 COMENTÁRIOS

    • A Índia é um país único e fantástico. São as cores, os cheiros… é o modo de via e a cultura capazes de nos surpreender a cada esquina.
      Letícia, obrigado pela visita.
      Abraço
      Sérgio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Moreira de Rei, a guardiã do planalto | Trancoso

Parece impossível que mesmo dentro do nosso concelho de nascimento ainda haja recantos a descobrir. É por isso que viajar é sair...

Penedros da Cabeça, um baloiço no coração da Beira

Em Lamas de Ferreira de Aves o confinamento deu frutos e um filho da terra deu asas à imaginação e construiu em...

Portas do Almourão e o Rio Ocreza

Chegámos às Portas do Almourão num daqueles dias tímidos de junho. Os dias prometiam calor, mas a aragem matinal obrigava a um...

Bogalhal Velho, a maldição das formigas gigantes

Viajar é isto, é sair e parar a poucos quilómetros de casa e descobrir que mesmo aqui ao lado há aldeias perdidas...

Gerês – Os lugares que são de visita obrigatória

O Parque Nacional Peneda-Gerês é um dos locais mais genuínos em Portugal. É um misto de natureza e tradição. O Gerês é...