Início América do Sul De partida para a América Latina

De partida para a América Latina

|

|

|

“Seguindo o Sol, nós deixamos o velho mundo”.

Com esta frase, Cristóvão Colombo deixou, em 3 de Agosto de 1492, o porto de Palos, em Espanha, e zarpou mar fora à descoberta do “novo mundo”.

Depois da inesquecível viagem à Índia, também nós voltamos às grandes aventuras, desta vez seguimos o sol, zarpando em direção ao “novo mundo” – América Latina.

Como já vem sendo hábito, não levamos grandes planos, nem espectativas. De Madrid, voaremos para Buenos Aires, a capital da Argentina, um mês depois havemos de voltar!

Queremos ver o mundo que envolveu Jorge Luis Borges e aprender com Carlos Gardel a intensidade e romantismo do Tango. Queremos seguir a cordilheira andina em Direção à Patagónia. Caminharemos sobre o Perito Moreno, o gigantesco glaciar, que nos transportará para a Era em que a terra era gelada. Continuaremos a descer, atravessaremos o estreito a que o nosso Fernão Magalhães deu  nome e chegaremos, por fim, à terra do fogo… Chegaremos ao fim do mundo!

america latina - ir para contar (patagonia) facebook

É a primeira vez que pisamos solo americano. Contudo, levamos na bagagem os filmes, os livros, a poesia e as histórias que nos vão chegando do “novo” continente e que nos alimentaram a vontade de ir.

Onde vamos, já muita gente foi, é verdade. Mas é preciso ir, ver com os próprios olhos, porque os lugares não mudam, o que mudam são os olhos de quem os vê. E, com sorte, às vezes mudamos nós nesses lugares.

Mas no fim, o que conta é a viagem, o prazer das horas intermináveis nos autocarros, o nervoso miudinho à chegada a uma nova cidade. O que conta é a comida na rua e uma cerveja nos lugares mais improváveis enquanto os locais te observam, por vezes indiscretamente. O que conta é esse escaldão que te deixa os braços em dois tons. O que conta é que havemos de vir de coração cheio, cansados, é verdade, mas felizes.

Vamos à América Latina, mas vamos para contar. Contar um pouco a história de um continente “encontrado” por engano. Um continente a quem Américo Vespúcio não chegou a saber que deu nome.

Vamos contar as histórias das pessoas pelo caminho.

Esperem sim, um olhar sincero e despreconceituoso de dois portugueses que vão, acima de tudo, para aprender e depois contar!Não esperem fotos em hotéis sumptuosos, bebidas finas servidas em copos de cristal, ou fotos nossas em praias magníficas bebericando mansamente uma caipirinha.

Sigam-nos também no Facebook!

América Latina - ir para contar

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Lagoa do Congro, São Miguel | Açores

A Lagoa do Congro é de uma beleza fascinante, pura e surpreendente. E o melhor é que ainda fica fora da rota...

Miradouro da Grota do Inferno, em São Miguel | Açores

O Miradouro da Grota do Inferno (ou da Bocado Inferno), é um dos mais bonitos e impressionantes miradouros da ilha de São...

Cascata do Caldeirão, um segredo bem guardado

A Cascata do Caldeirão é uma cascata (quase) secreta às portas da cidade da Guarda. Mapa, trilho GPS e informações para chegar à cascata.

Cevide, aqui começa Portugal | Melgaço

Em Cevide, perto de Melgaço, encontramos o marco de fronteira n.º 1. Estamos no ponto mais a norte de Portugal. Informação para visitar Cevide

Ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel | Açores

O Ilhéu de Vila Franca do Campo é paraíso na Ilha de São Miguel. Neste artigo poderá encontrar informação prática, como visitar e quando ir.