Início Portugal Viana do Castelo Cevide, aqui começa Portugal | Melgaço

Cevide, aqui começa Portugal | Melgaço

|

|

|

Encostado à Galiza, mas do lado de cá do Rio Minho, está Cevide. Não tem mais de três habitantes, mas aqui começa Portugal e aqui começa a desenhar-se este retângulo.

Em Cevide, terras de vinho, terras de alvarinho
Em Cevide, terras de vinho, terras de alvarinho

A história de Portugal enche muitas páginas de livros e conta-se em séculos de esforçadas batalhas pela conquista da singularidade deste cantinho. Sabemos por anos onde começa a nossa história, mas desta vez fomos mais longe, fomos a Cevide, ao sítio onde começa Portugal e estivemos no exato ponto onde a língua de Camões começa a ser ouvida e por isso não podemos deixar de contar o que vimos.

Rio Minho, em Cevide - Melaço
Rio Minho, em Cevide – Melaço

Já estivemos estivemos um pouco por tudo mundo, até em Ushuaia, na cidade do fim do mundo, e nunca tínhamos estado no começo de Portugal.

É em Cevide, uma pequena localidade de concelho de Melgaço que começa a desenhar-se este retângulo à beira mar plantado. É aqui, nas margens do rio Trancoso, que se encontra o marco de fronteira nº 1, logo, o ponto mais a Norte de Portugal.

O Município de Melgaço está a construir em Cevide um pequeno Passadiço para permitir um melhor acesso ao marco de fronteira n.º1.
O Município de Melgaço está a construir em Cevide um pequeno Passadiço para permitir um melhor acesso ao marco de fronteira n.º1.

Cevide de 3 habitantes é o início da aventura, aos seus pés corre o rio e, do outro lado, a Galiza, como vizinha, observa os curiosos que na encosta ingreme se posicionam de ângulo perfeito para a fotografia.

Um tanto esquecida dos roteiros turísticos, Cevide merece agora toda a nossa atenção. A voz de Mário Monteiro fez chegar mais longe os encantos da terra que ama e de que fala com emoção.

Conduz-nos pelos meandros do mato e conta histórias de contrabando feito de gentes, fala do rio de outrora e das pesqueiras que avistamos.

Guia-nos pela caneja, outrora rota do contrabando, e vai falando com amor desta terra.

Visitar Cevide

A caminhada não é longa e a beleza do entorno tornam tudo mais fácil, se o tempo convidar é sempre possível mergulhar numa praia oferecida pelas vontades da natureza.

O marco vai esperar e vai lá estar para receber o que os queiram fotografar. Mergulhar neste rio é saber que metade de si está em Portugal e a outra pode já ter atravessado a fronteira.

Rio Minho, em Cevide. Deste lado, Portugal, do outro, Espanha.
Rio Minho, em Cevide. Deste lado, Portugal, do outro, Espanha.

Chegamos ao marco de fronteira e parece uma simples construção de cimento, tosco, pouco fotogénico, mas faz toda a diferença.

Visitar Cevide

Deste lado é Portugal, fala-se português, temos leis e órgãos próprios, mas não somos diferentes dos que nasceram do outro lado do rio. Somos companheiros de lutas, irmãos na resiliência em entrega ao território tão longe dos grandes centros e das praias de areia clara.

Visitar Cevide
Os Meus Trilhos com um grupo de amigos e o Mário no Marco de Fronteira n.º 1, em Cevide
Os Meus Trilhos com um grupo de amigos e o Mário no Marco de Fronteira n.º 1, em Cevide

Nem que fosse só por isso Cevide merecia a visita, pelo grande significado que encarna, por ser o ponto mais a norte de Portugal. Mas não se fica por aqui, as paisagens são lindas variam ao correr das estações do ano sem perder o seu encanto.

O outono que se começa a desenhar em Cevide.
O outono que se começa a desenhar em Cevide.

Em Cevide, o casario é escasso mas de traço imponente, que demonstra a importância destas localidades fronteiriças.

Mário mostra-nos ainda outro tesouro da Aldeia, a sua capela, cuja construção envolta em misticismo nos conta em tom apaixonado.

Em breve Cevide terá mais visitantes à medida que vão sendo construídos os passadiços que irão tornar a caminhada mais fácil e que nos levarão ao marco sem necessidade de outra orientação.

Acredita-se que chegarão outros visitantes com mais frequência, afinal há muito que Cevide está no mapa.

Visitar Cevide

Dicas e informações úteis para visitar Cevide

  • Localização: Cevide pertence ao Concelho de Melgaço. É uma pequena povoação no limite da fronteira com a Galiza / Espanha. O largo da aldeia tem espaço para poucos carros, por isso, estacione antes da aldeia.
  • Marco de Fronteira: Para chegar ao Marco de Fronteira é só seguir pelo caminho que está de frente para o largo. Não são mais do que 5 min de caminhada.
  • Passadiços: Provavelmente quando for a Cevide já estarão prontos os passadiços que permitirão um acesso ainda mais fácil ao Marco de Fronteira.
  • Mário Monteiro: O Mário é um apaixonado por Cevide e vai ter todo o gosto em apresentar-lhe a sua aldeia, com paixão e amor pela terra que o viu nascer.
  • Amigos de Cevide: se quiser aprender mais sobre este singular ponto do território português, junte-se ao grupo que o Mário criou no facebook.


Visitar Melgaço

Já que está em Cevide, de certeza que também vai querer explorar os encantos que Melgaço tem para oferecer. Vai ver que vai sair surpreendido deste território verdejante. Veja estes artigos que escrevemos com ideias e atividades para desfrutar de Melgaço:

Melgaço, um destino verde e radical (Aqui encontrará dicas de alojamento, restauração e atividade para fazer em Melgaço)

Passadiço do Rio Minho | Melgaço

Entre bons alvarinhos na Quinta de Soalheiro | Melgaço

Castro Laboreiro, aldeia mágica nas serranias do Gerês

Fotografias de Cevide. Galeria Fotográfica

os meus trilhoshttp://osmeustrilhos.pt
Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Olá, somos o Sérgio e a Sandra (e agora também o pequeno Simão). Costumamos dizer que "somos viajantes a tempo inteiro e juristas nas horas vagas". Mas somos, acima de tudo, apaixonados pelo mundo, pelas viagens... sejam elas curtas ou longas. É da Guarda, a cidade dos cinco f's e por sinal a mais cidade mais alta, que procuramos abolir fronteiras. Com mochila às costas e botas calçadas venham connosco, entrem em autocarros apinhados, comboios eternos e estradas lamacentas… Tudo sobre nós >>>

Must Read

Miradouro da Grota do Inferno, em São Miguel | Açores

O Miradouro da Grota do Inferno (ou da Bocado Inferno), é um dos mais bonitos e impressionantes miradouros da ilha de São...

Cascata do Caldeirão, um segredo bem guardado

A Cascata do Caldeirão é uma cascata (quase) secreta às portas da cidade da Guarda. Mapa, trilho GPS e informações para chegar à cascata.

Cevide, aqui começa Portugal | Melgaço

Em Cevide, perto de Melgaço, encontramos o marco de fronteira n.º 1. Estamos no ponto mais a norte de Portugal. Informação para visitar Cevide

Ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel | Açores

O Ilhéu de Vila Franca do Campo é paraíso na Ilha de São Miguel. Neste artigo poderá encontrar informação prática, como visitar e quando ir.

Ilha de São Miguel: Lugares a não perder | Açores

Os lugares mais bonitos da Ilha de São Miguel, nos Açores. Lugares que são de visita obrigatória para quem visita a ilha pela primeira vez.