O começo!

Nada melhor que começar este blog com um belíssimo poema de Pedro Barroso: Esperança Se quiseres partir amanhã eu paro o mundo com facilidade assim com esta mão e então descobriremos o mais profundo fundo que há no mundo que é no irmos fundo às coisas que há razão de verdades consumadas me consomem de … Ler mais