Europa Central (notas de uma viagem)

Entre o final de maio e início de junho de 2012, fizemo-nos à estrada. Toda a gente falava no Euro2012, toda a gente falava na Polónia, na Ucrânia… era a Europa Central! Um dia, naqueles dia do inverno tardio de então, pensámos, porque não? Decidimos percorrer a Europa Central nas duas semanas que tínhamos. Queríamos ver se … Ler mais

Lawyers on the train (High Tatras – Slovakia) – ENGLISH version

In Bratislava we decided to change our plans.

We could go straight to Krakow, by a direct and comfortable train. It would take no more than 6 or 7 hours.

Yes we could, but it was not the same thing.

Despite that we decided to cross the Slovakia through the mountains (High Tatras) and enter Poland by the most unlikely place, crossing a river of white water, coming from Tatras’s melting snow…

 

Ler mais

Lawyers on the train (High Tatras – Slovakia) – Versão PORTUGUESA

Em Bratislava mudámos de planos.

Podíamos ir direto para Cracóvia, num confortável comboio e, numas 6/7 horas, estaríamos lá… poder podíamos, mas não era a mesma coisa.

Decidimos cruzar a Eslováquia, através das montanhas (High Tatras) e entrar na Polónia pelo sítio mais improvável, atravessando um rio de águas criatalinas que nasciam do degelo das neves quase eternas do Tatras.

Iríamos demorar mais tempo, teríamos de mudar umas “cem” vezes de transporte, teríamos de carregar as  mochilas e esperar por autocarros que nem sabíamos se existiam…

Ler mais

Bratislava, na ponta da Eslovaquia

Dizem os eslovacos que quando dividiram a Checoslováquia em 1993, os checos ficaram com a melhor parte.

Quando chegámos à estação de Bratislava, parecia que tinhamos chegado a algo que podia ficar em todo lado, menos na europa. O aspeto degradado e, até, sujo da estação parecia não pertencer a uma capital europeia, a um país que desde 2009 pertence à zona euro.

Mas como as aparência iludem, Bratislava iria ser uma boa surpresa, de tal forma que a impressão inicial se esgueirou sorrateira e rapidamente.

Revelou-se uma daquelas cidades que conhecemos de sempre, daqueles que parece que sabemos onde se encontram os melhores sítios para comer, para beber, para descontrair… enfim, Bratislava pela sua pacatez conquistou-nos!

Ler mais