Necrópole Megalítica de Lameira de Cima, em Penedono

A seguir a aldeia de Antas, como quem vem de Sernancelhe em direção à cidade da Mêda, mesmo antes de chegar ao limite do concelho, viramos à esquerda numa estradita estreita. A placa, em tons acastanhados, despertou-nos da sonolência provocada por estes dias solarengos de primavera. Lia-se na placa: Necrópole Megalítica de Lameira de Cima. A … Ler mais

Anta de Pêra do Moço, ao Pôr do Sol

O sol já se punha no horizonte quando fizemos, ontem, a estrada que liga Barca D’Alva a Pinhel e depois à Guarda. Com o mês de março, surgem os primeiros raios de sol primaveris e dá um gozo enorme sentir o calorzinho na cara. Ao passarmos pela Anta da Pera do Moço, reparámos na Lua que, em … Ler mais

Anta da Arquinha da Moura (Tondela)

arquinha-da-moura.-tondela

Conhecida entre as gentes de Lajeosa do Dão por Pedra Merendeira, a Anta da Arquinha da Moura é um exemplar único do megalitismo.  Além do seu ótimo estado de conservação, nos esteios que suportam a mamoa ainda podemos encontrar pinturas rupestres. Construída no Neo-calcolítico, no III milénio A.C., esta anta aparentemente só foi descoberta em … Ler mais

Anta de Pêra do Moço (Guarda)

Quando Martins Sarmento, esse arauto da arqueologia (curiosamente licenciado em Direito), visitou Guilhafonso em 1881, estava longe de saber que por estas bandas existia um majestoso exemplar de Castanea sativa Mill., vulgo castanheiro, que irrompeu da terra há centenas de anos. No entanto, ainda que o calor convidasse a uma sesta matinal nas sombras frescas … Ler mais